Pular para o conteúdo principal

Destaques

Sempre dê preferência a sites com Certificados de Segurança.

O CERT.BR informou a corrência de 39.419 tentativas de fraudes o ano de 2019, representando 87% das notificações referentes a esta categoria.Sempre dê preferência a sites que apresentem Certificados de Segurança válidos e expedidos por unidades certificadoras.Na barra de navegação, os sites deste tipo iniciam os endereços por “https://”, aparecendo no lado esquerdo a imagem de um cadeado. Ao clicar no cadeado é possível visualizar os dados da unidade certificadora que garante a autenticidade do site visitado. Cuidado com os certificados “auto assinados”, pois não existe uma unidade certificadora por trás. Portanto, nenhum órgão garante sua confiabilidade.Também é possível um site iniciar por “https://”, pertencendo legitimamente a algum órgão ou instituição com o certificado expirado. Neste caso, procure se informar da legitimidade do serviço que você deseja.Tanto os “auto assinados” quanto os expirados são exibidos na respectiva barra de navegação com uma informação de advertência. I…

URGENTE: WHATSAPP HACKEADO! DESCUBRA COMO EVITAR TER SUA CONTA CLONADA.


O whatsapp talvez seja o maior aplicativo de troca de mensagens do mundo, ultrapassando a marca de 1,5 bilhão de usuários mês. Diariamente são enviadas cerca de 60 bilhões de mensagens através do aplicativo. 

O Brasil é um dos seus maiores mercados consumidores, com cerca de 38 milhões de usuários, perdendo apenas para a Índia. Sob o controle da empresa Facebook inc., não se sabe realmente qual é o faturamento anual que estes números representam, mas é possível imaginar que deva ser maior que o Produto Interno Bruto – PIB de muitos países.

Grandes números geram grande interesse. Todo dia é noticiado que alguém teve sua conta de Whatsapp “hackeada” e sua lista de contatos bombardeada, com solicitações de ajuda financeira.

Num desses casos, a senhora que identificarei apenas por JS, passou por esse constrangimento. Esta senhora tem um comércio eletrônico em um dos grandes Marketplace disponível na atualidade. Conforme ela mesma me relatou, certa tarde começou a trocar mensagens com alguém se dizendo representante do Marketplace onde comercializa e divulga as coisas pertinentes ao seu negócio on-line. 

O dito “representante” afirmou estar disponibilizando uma nova campanha publicitária, para ajudar a alavancar pequenos negócios como os da Sra. JS. Esta campanha seria livre de custos extras, deixando-a feliz pois, conforme me disse quando narrou os acontecimentos: “– eles (os responsáveis pela plataforma eletrônica) nunca me deram nem bom dia, só querem mesmo é dinheiro”. Para aderir a esta nova campanha publicitária, JS deveria tão somente informar o código de segurança que seria gerado pela plataforma do whatsapp, via SMS.

Assim que JS informou o código de segurança, imediatamente as conversas silenciaram e perdeu o acesso a conta do serviço. A pessoa que se fez passar por representante do comércio eletrônico, usou de engenharia social para ludibriar a vítima. De posse do whatsapp desta, passou a enviar solicitações de ajuda financeira aos seus contatos, dizendo estar em dificuldades.

Não se engane, isto é mais comum que se imagina. Muitas pessoas caem em tais golpes, mas não procuram as autoridades competentes por não terem tido reais prejuízos financeiros ou por motivo de vergonha. Pelo contrário, tão logo perceba o golpe:
  1.  você deve avisar seus contatos informando que não devem efetuar transferências bancárias em nenhuma hipótese;
  2. envie um e-mail para: support@whatsapp.com, escrevendo no título: “URGENTE WHATSAPP HACKEADO. Por favor desative minha conta” e no corpo informar o número de sua linha telefônica com o respectivo código do país e o DDD. Exemplo: 55(51)9 9999-9900;
  3. tente reinstalar o número do aplicativo, entretanto, caso não consiga (em virtude do criminoso ter habilitado a autenticação em duas etapas), digite erroneamente códigos aleatórios até bloquear o app. Assim fazendo, receberá informações de como proceder para recuperar sua conta;
  4.  registre um boletim de ocorrência, informando todos os dados do fato.
No caso de JS, ela ficou duas semanas com sua conta desativada, amargando prejuízos financeiros, haja vista ter deixado de receber pedidos que eram enviados pelo seu Whatsapp.
Assim, nunca forneça códigos SMS a terceiros e habilite a segurança em duas etapas de seus dispositivos e em todos os serviços que tal recurso esteja disponível. É a melhor maneira de se proteger.

Deixe um comentário e ajude a difundir esta mensagem compartilhando com seus amigos e conhecidos!

Comentários

Postagens mais visitadas