Pular para o conteúdo principal

Destaques

Sempre dê preferência a sites com Certificados de Segurança.

O CERT.BR informou a corrência de 39.419 tentativas de fraudes o ano de 2019, representando 87% das notificações referentes a esta categoria.Sempre dê preferência a sites que apresentem Certificados de Segurança válidos e expedidos por unidades certificadoras.Na barra de navegação, os sites deste tipo iniciam os endereços por “https://”, aparecendo no lado esquerdo a imagem de um cadeado. Ao clicar no cadeado é possível visualizar os dados da unidade certificadora que garante a autenticidade do site visitado. Cuidado com os certificados “auto assinados”, pois não existe uma unidade certificadora por trás. Portanto, nenhum órgão garante sua confiabilidade.Também é possível um site iniciar por “https://”, pertencendo legitimamente a algum órgão ou instituição com o certificado expirado. Neste caso, procure se informar da legitimidade do serviço que você deseja.Tanto os “auto assinados” quanto os expirados são exibidos na respectiva barra de navegação com uma informação de advertência. I…

Interpol pede ajuda pela internet para encontrar 26 criminosos

A interpol lançou esta segunda-feira um apelo invulgar.Um pedido de ajuda ao público para encontrar o paradeiro de 26 criminosos

Notícia veiculada em 05-07-2010

Numa operação lançada em Maio, a Interpol tinha como objectivo encontrar 450 criminosos considerados perigosos. Houve já 39 detenções, inluindo a de uma ex- modelo colombiana, acusada de tráfico de droga. Contudo a Interpol não conseguiu descobrir o rasto de 26 suspeitos de homícidio, tráfico humano ou abuso sexual de menores.

Por isso esta segunda-feira lançou o apelo ao público para que denuncie qualquer sinal de um dos suspeitos, tornando públicas as suas fotos e informação biográfica no site.

É aprimeira vez que a Interpol recorre à ajuda do público para encontrar tantos suspeitos. A luta global contra o crime , que conta com corpos policiais oriundos de mais de 188 países costuma trabalhar nos bastidores mas desta vez tomou esta decisão devido ao sucesso que teve no passado em encontrar suspeitos de pedofilia.

A Interpol acredita que as redes sociais podem ser uma poderosa arma contra os 26 fugitivos. Muitos deles perseguidos pelas autoridades há anos "e quando começaram a ser procurados inicialmente havia pouca informação na internet" afirmou um dos coordenadores do apelo, Martin Cox.

Cox fez ainda referência ao caso do norte americano de 25 anos, Christopher Ward Deininger, que durante a adolescência cometeu vários crimes de abuso sexual de crianças. Deu-se depois como culpado e foi condenado a 12 anos de pena suspensa, segundo um comunicado do Departamento da Justiça norte americano. Quatro anos depois escapou da instituição onde deveria estar.



Para ler a notícia na íntegra clique qui.

Comentários

Postagens mais visitadas