Pular para o conteúdo principal

Destaques

Sempre dê preferência a sites com Certificados de Segurança.

O CERT.BR informou a corrência de 39.419 tentativas de fraudes o ano de 2019, representando 87% das notificações referentes a esta categoria.Sempre dê preferência a sites que apresentem Certificados de Segurança válidos e expedidos por unidades certificadoras.Na barra de navegação, os sites deste tipo iniciam os endereços por “https://”, aparecendo no lado esquerdo a imagem de um cadeado. Ao clicar no cadeado é possível visualizar os dados da unidade certificadora que garante a autenticidade do site visitado. Cuidado com os certificados “auto assinados”, pois não existe uma unidade certificadora por trás. Portanto, nenhum órgão garante sua confiabilidade.Também é possível um site iniciar por “https://”, pertencendo legitimamente a algum órgão ou instituição com o certificado expirado. Neste caso, procure se informar da legitimidade do serviço que você deseja.Tanto os “auto assinados” quanto os expirados são exibidos na respectiva barra de navegação com uma informação de advertência. I…

Artigo: Criptografia com o software TrueCrypt!

Tutorial de instalação e utilização do TrueCrypt
por Luís Fernando da Silva Bittencourt

Finalmente, depois de muito tempo me solicitando, consegui redigir um tutorial do software de criptografia TrueCrypt. No entando, devido a quantidade de imagens e informações contidas neste, não será possível sua postagem diretamente neste espaço. Assim, vou colocar apenas os primeiros parágrafos e no final o link para o GOOGLE DOCs onde armazenei o referido tutorial.
Saliento a necessidade de se visitar a página do projeto a fim de maiores esclarecimentos sobre sua utilização e a grande variedade de recursos possíveis do referido software, para acessar a página principal do projeto clique aqui.
Todos os usuários de computadores deveriam pensar em métodos eficazes de proteger seus arquivos e documentos, garantindo o sigilo de suas informações. Na maioria das vezes, ou pelo menos deveria ser, a única preocupação é referente a realização de backup (cópia de segurança) e às vezes a instalação de um firewall (proteção contra acesso indevido).
Neste viés, para usuários mais avançados e comprometidos com a garantia de se manter o sigilo sobre seus documentos, quer por necessidade funcional, segredo de justiça ou outros de foro específicos, o uso de programas de criptografia vem se popularizando. Criptografia (Do Grego kryptós, "escondido", e gráphein, "escrita") é o estudo dos princípios e técnicas pelas quais a informação pode ser transformada da sua forma original para outra ilegível, de forma que possa ser conhecida apenas por seu destinatário (detentor da “chave-secreta"), o que a torna difícil de ser lida por alguém não autorizado. Assim sendo, só o receptor da mensagem pode ler a informação com facilidade.
Existem muitos softwares que executam muito bem esta tarefa, criptografando arquivos individualmente, outros criando pastas criptografadas onde somente poderão ser em acessadas mediante o emprego da respectiva senha de acesso. No entanto, uma das melhores maneiras para se armazenar arquivos de modo seguro e de fácil acesso é a utilização de drivers criptografados, onde o mesmo é montado por ocasião da necessidade de seu uso, podendo seus arquivos serem acessados, alterados, criados e até mesmo excluídos diretamente em seu interior.
Seguindo esta linha, um dos melhores programas de criptografia existentes hoje em dia, o qual emprega chave criptográfica de alto nível, é o TRUE CRYPT, software open-source, distribuído livremente e sem qualquer custo, cria um disco virtual criptografando uma parte, previamente designada para tal, do HDD (hard drive disk) do computador onde estiver instalado.
Este artigo tem por finalidade facilitar o emprego desta importante ferramenta, como também popularizar seu uso haja vista ser de fácil instalação. Primeiramente devemos acessar o site dos desenvolvedores onde existem importantes informações sobre o projeto: http://www.truecrypt.org. Cabe salientar que como se trata de software livre e open-source, não é requerido nenhum tipo de registro ou preenchimento de cadastros para a obtenção do instalador do programa. Para a obtenção do instalador, basta procurar o link Downloads no menu superior da página do projeto, ou acesse diretamente o link: http://www.truecrypt.org/downloads e depois escolha a versão do sistema operacional de sua preferência. O TrueCrypt possui versões para Windows, Mac e Linux, sendo que para este último existe pacotes .DEB que são de fácil instalação, quase tão amigável quanto os .EXE dos Windows.
Para acesso a integra do tutorial clique aqui.
Até a próxima e não deixem de expressar suas opniões sobre mais esta postagem!

Comentários

Postagens mais visitadas