O Tempo Agora

Arquivo do blog

Pesquisador:

Google+ Badge

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Artigo:O vírus e o tempo


Como os vírus de computador Atuaram e se Transformaram Através dos Tempos.

Artigo publicado no site evirus - Tecnologia em Segurança Digital.

Passando por sites especializados em segurança digital, me deparei com interessante artigo que trata profundamente a história dos vírus de computador. Leitura obrigatória para quem deseja se aprofundar mais sobre a matéria como para os usuários comuns de internet para entenderem os perigos da selva digital. Vou postar apenas uma parte do artigo, pois acredito, caso se interessem, melhor visualizado no próprio site.

"Quando tudo começou em grande escala, 1987

Em 1987 era comum ver uma bolinha saltitando na tela preta do PC, naqueles anos o windows nao existia, era apenas um sonho de bill gates para combater os pcs com tela grafica Lisa/Mac da Apple, e na época do extindo DOS (Disk Operation Systema) com incriveis 640kBytes de memória, os vírus faziam a festa, feitos apenas com aproximadamente até 250 bytes.

O vírus Ping-Pong, Jerusalem, Sexta Feira 13 e Michelangelo eram os mais comuns, os vírus se dividiam em 2 tipos de vírus.

Virus de BOOT: alojavam se no disquete, quer dizer, no setor de inicialização do disquete (Setor de boot), e porque istoa contecia ? porque a maioria dos PCs inicializavam pelo disquete para funcionar e não pelo disco rígido como é hoje,desta forma o vírus sempre entrava no sistema e ficava rodando de maneira “invisível” (background), e desta forma ele entrava em qualquer disquete que fosse inserido no PC que ele ainda nao tivesse entrado anteriormente, semelhante a uma doença contagiosa, que infecta tudo que lhe for tocada.

Virus se Executável: Este segundo tipo e não menor ineterssante, entravam nos arquivos executáveis do PC, os chamados arquivos .COM e .EXE, estes arquivos eram obviamente os programas que ficavam rodando na memória, e desta forma quando se executava uma arquivo destes o arquivo também era executado e ficava rodando de forma invisivel infectado tudo que podia no PC, ou seja, ele entrava naqueles arquivos executáveis em que ainda nao tinha entrado.

Alguns vírus entravam nos arquivos executáveis e tambem em disquete, causando um fenomeno que deixava o usuário louco, porque ele removia o virus de do disco e ele entrava através de um arquivo infectado de volta ao setor de inicialização, da mesma forma, as vezes quando todos os arquivos do PC estavam “saudáveis” eles eram contaminados quando um virus de inicialização entrava no PC, eram virus que estavam programados para entrar nos 2 tipos de locais possíveis na época, lembre-se que naqueles anos a internet nem era um sonho, mas mesmo assim virus frabricado em qualquer parte do mundo, trafega pelo globo através de programas piratas.

...". Para acesso ao artigo completo, favor clique aqui.

Até a próxima e não deixem de comentar a matéria.

Um comentário:

Marilu disse...

Olá, não consegui acessar o site onde está todo o artigo. ele apresenta problemas. Pode disponibilizar o artigo todo? caso tenha ele?
Aguardo e agradeço.
mpredebon@gmail.com